CULTURA - 11/12/2019

Coletivo Tremma reúne moda, arte e histórias em evento de dois dias

Aberto ao público, grupo promete nova experiência de shopping e galeria, com rodas de conversa e exposições de arte


Isabella Perillo e Nájla Rassi (Foto: Jalile Rassi)

Em um encontro leve e despretensioso de talentos nacionais, o Coletivo Tremma retorna a Goiânia com a promessa de uma experiência nova para o público. Com a proposta de reunir moda, cultura e histórias inspiradoras, o projeto apresenta rodas de conversa, exposição de artes plásticas e marcas de moda 100% autorais nessa quinta e sexta-feira (12 e 13), na loja I´m be Yourself. O evento é aberto ao público.

Para esta edição, o ponto de partida que guiou toda a curadoria de moda e arte do Tremma foi a palavra “conforto”. O objetivo é mostrar que é possível vestir o corpo e a casa com personalidade e conforto físico e estético. A escolha do local que irá abrigar o Coletivo Tremma levou em conta a personalidade marcante da multimarcas  I´m be Yourself, que se instalou recentemente em Goiânia.

No início de dezembro, o coletivo foi realizado pela primeira vez em São Paulo, na Vanzak Gallery, tendo como inspiração os 130 anos da poeta goiana Cora Coralina. Apesar de inédito no mercado paulista, o projeto não perdeu a essência do DNA goiano.

Idealizado pelas goianas Isabella Perillo e Nájla Rassi, o coletivo vem conectar pessoas num projeto inédito de shopping e galeria, com a essência do DNA goiano. “Acreditamos no que é genuíno e nacional. Valorizamos a história por trás do sonho. Queremos contribuir para o enriquecimento cultural do nosso país e entendemos que um olhar curioso para a moda leva a uma descoberta de nós mesmas”, afirmam as organizadoras do evento.

Ainda, a curadoria é do amórfico e lúdico coletivo de artistas Babakisses. Durante o coletivo, o espaço da loja será ocupado pela exposição de arte “Almofada”. Uma das novidades deste evento é a participação de Amanda Pinheiro e Gabriela Moreira, da cafeteria Nous. As empresárias vão conduzir um talk sobre o tema “Empreendedorismo x Zona de Conforto”.

Veja também