MODA - 31/10/2017

Chega ao fim o reinado de Christopher Bailey na Burberry



Com informações FFW

(Foto: Reprodução / Business of Fashion)

Depois de 17 anos como CEO e diretor criativo da Burberry, chega ao fim em março de 2018 o reinado de Christopher Bailey. É o que informou nesta sexta-feira (31/10) o site Business of Fashion.

A mudança parece refletir um novo momento na moda, em que grandes marcas estão repensando seus negócios e até mudando o posicionamento. Novo CEO da empresa, Marco Gobbetti já executou a mesma função na Céline, Givenchy e Moschino. Ele entrou na Burberry em janeiro deste ano com foco no Oriente Médio e Ásia, mas assumiu o cargo de CEO em julho. Especula-se que este foi um pedido direto dos investidores para que as duas funções fossem dirigidas separadamente. No mesmo período, a marca também contratou Julie Brown, que vem da indústria de suprimentos médicos, para atuar como chefe de operações e finanças. As mudanças indicam um movimento forte em relação ao business.

“A Burberry passou por uma transformação incrível desde 2001 e Christopher tem sido instrumental para o sucesso da empresa durante esse período. Ao mesmo tempo que estou triste por não trabalhar com ele por muito tempo, o legado que ele deixa e o grande talento que temos aqui dentro da Burberry, me dá uma confiança enorme no futuro”, diz Gobbetti.

O último desfile da grife já deu sinais de uma mudança forte na parte criativa. De modo geral, a coleção de Verão 2018 está mais jovem, divertida e colorida. “Temos uma visão clara do próximo capítulo para acelerar o crescimento e o sucesso da marca e estou animado com a oportunidade que vem pela frente para nossa equipe, parceiros e acionistas”, revela Marco Gobbetti.

Backstage da Burberry no desfile de Verão 2018 (Foto: Agência Fotosite)

Vale lembrar que Christopher Bailey causou uma transformação na Burberry e na indústria. Sempre à frente das outras marcas no que diz respeito a tecnologia, foi sob seu comando que a marca passou a operar em see now buy now antes de todo mundo. Foi também uma das primeiras a transmitir um desfile ao vivo por uma rede social, além de ter apoiado diversos jovens atores e músicos britânicos. “Foi um privilégio que minha vida profissional se passou dentro da Burberry, trabalhando com um grupo extraordinário pelos últimos 17 anos. Acredito, porém, que o melhor ainda está por vir. Estou animado em buscar novos projetos criativos, mas me mantenho totalmente comprometido ao sucesso dessa marca maravilhosa e em em garantir uma transição suave”, declarou Bailey.

Fiquemos atentos às novidades!

Veja também