GASTRONOMIA - 25/09/2019

Casa Conceito do Plateau d’Or sedia bate-papo sobre alimentação saudável

Influencer Andrea Melo Scodro media conversa entre a nutricionista Laíz Minas, a natural-chef Carol Diniz e a jornalista Marina Uchôa


Jornalista Marina Uchôa (Foto: Divulgação)

Convidadas especiais para um bate-papo com o tema “comendo com prazer e nutrindo seu corpo”, a nutricionista Laíz Minas, a natural-chef Carol Diniz e a jornalista Marina Uchôa se reúnem para o “Papo Com Conteúdo” desta quarta-feira (25), na Casa Conceito do Plateau d’Or. A partir das 15 horas, as três falam sobre alimentação saudável, dietas restritivas e o os benefícios dos alimentos naturais e artesanais. Mediado pela influencer Andrea Melo Scodro, a roda de conversa tem a entrada gratuita.

Alimentação saudável pode sim agradar à saúde e ao paladar, afirma Laíz Minas. De acordo com ela, o ideal é ingerir comida de verdade, ou seja, aquela menos industrializada possível. “Dê preferência o que for natural e fresco, sem processamentos. Também prefira os alimentos preparados em casa”, sugere. A nutricionista acredita que a alimentação saudável passa, principalmente, por uma mudança no estilo de vida, com reeducação alimentar e adaptações na rotina para manter os hábitos saudáveis onde estiver. Para isso, ela reforça a necessidade de aderir ao “faça você mesmo” e investir na cozinha caseira.

Nutricionista Laíz Minas (Foto: Divulgação)

Outra profissional que também acredita na alimentação sem rótulo é Carol Diniz. A natural-chef afirma que “o conceito da alimentação saudável nos dias de hoje é voltar às origens, buscando o que for mais natural, mais puro e menos processado possível”. Ela explica que, para gerar a consciência de uma alimentação saudável, é preciso entender o papel dos nutrientes e perceber o que o corpo nos pede.

Natural-chef Carol Diniz (Foto: Divulgação)

Quando o organismo pede uma mudança de alimentação, é muito importante descobrir-se o que deve ser retirado e o que precisa ser substituído no cardápio, enfatiza Carol. Vale lembrar que todo o processo deverá ser feito por meio do acompanhamento com um nutricionista.

Durante o evento, a natural-chefe também compartilha uma receita prática e simples, demonstrando que é possível substituir tudo que é pouco saudável. “Para fazer um bolo, por exemplo, podemos usar as farinhas com menos glúten, como as farinha de oleaginosas feitas de amêndoas, de coco ou até a farinha de aveia, que é muito saborosa e mais saudável”, destaca.

Veja também