CULTURA - 11/07/2018

Arraiá julino beneficiente em Pirenópolis arrecada alimentos para instituições da cidade


Joanis Carvalho, Valéria Rios, Josemar Jordão, Maria de Deus e Gláucia Jordão (Foto: Divulgação)

Na última sexta-feira (6), ocorreu em Pirenópolis o 1º Arraiá Julino Beneficiente do Quinta Santa Bárbara Eco Resort. O evento, realizado no Divino Lounge Café, arrecadou mais de 300 quilos de alimentos não perecíveis. As doações irão ajudar duas importantes instituições assistências na cidade: o Asilo São Vicente de Paula, que atende a mais de 70 idosos; e o projeto social Aldeia da Paz, que cuida de crianças e idosos vindos de famílias de baixa renda.

Uma quermesse com várias delícias típicas, como milho cozido, pé-de-moleque, arroz doce, canjica, caldos diversos, paçoca e outros itens, foi preparada especialmente para moradores e turistas da cidade. A animação musical ficou por conta da banda Os Cabra de Bigode, composta por um rabequeiro, um violonista e dois percussionistas, que se dividiam entre a zabumba, o surdo, triângulo e outros instrumentos. Os convidados ainda participaram de uma tradicional dança de quadrilha.

As instituições de caridade beneficiadas com os donativos arrecadados sobrevivem do artesanato que produzem e de doações. A coordenadora do projeto Aldeia da Paz, a irmã Maria de Deus, falou sobre importância desse tipo de mobilização social promovida pelo Quinta Santa Bárbara. “Coordenamos um asilo e uma creche e, assim, damos suporte às famílias que não têm condições de pagar por serviços como esse”, explica. O trabalho de assistência prestado pela instituição existe desde 1977 na cidade de Pirenópolis.

Da mesma forma, o trabalho realizado pelo Asilo São Vicente, que tem capacidade de abrigar 74 idosos e ajudar externamente 300 famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, tem impacto direto para os moradores da cidade e de regiões vizinhas, como Corumbá.

Confira alguns dos presentes no evento: 

Augusto Araújo, Lara, Manfredo Oliveira e Carolina Costa (Foto: Divulgação)

A banda Os Cabras de Bigode (Foto: Divulgação)

O professor de dança Carlos Júnior e a monitora Fabíola Ferreira (Foto: Divulgação)

Raquel Pinho e Clara Domingos (Foto: Divulgação)

Veja também