CASA - 02/12/2016

Arquiteto explica o que é uma decoração bem resolvida


Em uma sociedade que tem valorizado cada vez mais o bem-estar das pessoas, seja em ambientes residenciais ou comerciais, arquitetos, designers de interiores e decoradores são responsáveis por projetar ambientes levando em consideração critérios como conforto, estética, funcionalidade e economia.

Além de atender diretamente o morador, uma das frentes de atuação desses profissionais é a composição do apartamento decorado dos lançamentos imobiliários, que nos últimos anos se tornou indispensável para as construtoras e para os consumidores. Os espaços auxiliam futuros moradores na medida em que proporcionam uma visão mais completa do imóvel a ser adquirido. Dessa forma, fica muito mais fácil para o comprador verificar como os espaços podem ser aproveitados.

O arquiteto Victor Tomé, que atua no mercado há 9 anos, explica que o primeiro passo do projeto de um decorado é definir o conceito da arquitetura de interiores, que influencia totalmente no cotidiano das pessoas. “Nosso trabalho é fazer um planejamento de como a pessoa vai morar e viabilizar as expectativas do futuro morador através de soluções técnicas e funcionais adequadas a cada projeto, sem deixar de lado a beleza”, define.

No caso do projeto do decorado de um lançamento imobiliário, o objetivo é ajudar o futuro comprador a escolher um imóvel que corresponda ao seu perfil e suas necessidades no dia a dia. “Sugerimos onde vai ficar a porta, o lugar ideal para o armário, a iluminação adequada para todos os ambientes, se o ar condicionado está na posição correta, entre vários outros elementos”, exemplifica.

Funcionalidade

Victor afirma que outra função da decoração é otimizar o aproveitamento dos espaços. Para explicar essa situação, o arquiteto usa um exemplo simples. “Um projeto bem feito de um apartamento de 80 m² pode ser mais inteligente do que um projeto de um apartamento de 100 m², e esses 20 m² de diferença podem custar até R$ 100 mil. Então mais importante do que o tamanho do imóvel em si, é a forma como ele está organizado”, frisa o arquiteto, que é responsável pelo projeto dos apartamentos decorados do Dot Bueno Residence, que ficará localizado na Rua T-37, no Setor Bueno.

O arquiteto explica que, no dia a dia da profissão, o futuro morador é sempre o ponto de partida para a definição de um projeto de arquitetura de interiores. Primeiro há uma entrevista com o cliente para saber do seu gosto para decoração e o que espera do projeto. Uma planilha de orçamento também o orienta acerca de valores e prioridades. “O cliente sempre tem exigências, como ter uma adega em casa ou incluir na decoração um móvel de família, então precisamos saber de tudo o que ele precisa ou gostaria de ter em casa”, salienta.

Dê uma olhada nos principais ambientes decorados do Dot Bueno Residence!

Sala Principal

 

Quarto da Criança

 

Suíte Principal

 

Cozinha

 

Segunda Suíte

Veja também