CASA - 16/04/2016

Arquiteto apresenta o que é tendência na Feira de Milão


Júnior Piacesi

O Salão Internacional do Móvel de Milão de 2016 acontece entre os dias 12 e 17 de abril. Conhecida como a capital mundial do design, a cidade de Milão expõe, durante quase uma semana, o que há de mais novo em mobiliário, iluminação e design.
O profissional Júnior Piacesi está presente na exposição milanesa e cita quais foram as impressões, do ponto de vista do arquiteto, da Feira este ano.
“Móveis de linhas limpas e retas, com pouca marcenaria e nos tons predominantes de cinza, preto e madeira estão em alta. O que mais me chamou a atenção foi o trabalho de serralheria fina e seus acabamentos, tudo bastante integrado com a iluminação do ambiente”, destaca.
Junior Piacesi também ressalta o trabalho da arquiteta italiana Paola Lenti, que expõe um mobiliário colorido, criando uma perfeita harmonia com o ambiente.
“A milanesa Paola Lenti apresentou um mobiliário com total segurança no uso de cores tanto para ambiente interno como também para o externo, o que surpreendeu já que para móveis de ambientes externos são sempre os tons neutros que predominam. Ela conseguiu criar espaços com emoção ímpar e com um colorido que nos faz admirar, sem cansar”, ressalta Junior Piacesi.O arquiteto aponta também o que já não é mais tendência segundo viu em Milão. “Painéis de madeira, iluminação pontual marcada e marcenaria modulares não estão presente na Feira de Milão este ano. Os móveis estão bastante soltos e leves. Acredito que isso demonstra a preocupação sustentável do móvel já que ele sendo feito dessa maneira - e não sob medida para o espaço - pode se readaptar em qualquer outro local, caso a pessoa se mude de residência, por exemplo”, finaliza.

​Linha de armários da Rimadesio. Serralheria e acabamentos finos e bem iluminados

 

Veja também