CULTURA - 09/07/2019

19ª edição do Goiânia Mostra Curtas recebe mais de mil inscrições

Evento segue com inscrições abertas para laboratório avançado e roteiros audiovisuais


Festival será realizado no Teatro Goiânia (Foto: Divulgação)

Enviadas de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal, o total de 1.003 inscrições foram feitas para a 19ª edição do Goiânia Mostra Curtas. Com maior participação de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, as únicas regiões que não estão participando são o Acre, Amapá e Rondônia. São 555 produções de ficção, 264 documentários, 123 experimentais e 61 animações. A previsão é que os selecionados sejam divulgados no dia 22 de julho. Já a mostra está programada para ocorrer entre os dias 08 e 13 de outubro, no Teatro Goiânia.

A mostra competitiva se divide em quatro categorias para 2019: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás, Curta Mostra Animação e 18ª Mostrinha. Entre os prêmios, os curtas-metragens vencedores levam para casa o Troféu Icumam. Também serão disponibilizados locação de equipamentos, cursos de formação audiovisual, serviços de pós-produção, finalização, distribuição e prêmios de aquisição para os outros vencedores.

Os curtas-metragens da Mostra Brasil vão concorrer também ao prêmio de Melhor Filme, que será escolhido pelo Júri SescTV. Já o Melhor Filme das mostras será eleito pelo Júri Elo Company. Além disso, o festival terá a Mostra Especial, que não é competitiva, mas temática.

Foto: Divulgação

Segundo a diretora-geral do Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, a quantidade de inscrições para o Goiânia Mostra Curtas revela que é preciso manter os esforços e dedicação para a realização desses festivais. E isso não só em Goiás, mas em todo o Brasil. “Esta é uma forma de reforçar a continuação da produção de curtas-metragens, discutir a importância dessas produções no Brasil e, assim, ampliar o espaço que já vem sendo conquistado no exterior. Isso sem mencionar que é o mercado cinematográfico o responsável pela grande parte da manutenção da indústria do audiovisual no País, movimentando a economia criativa, gerando capacitação de profissionais, com geração de emprego e renda”, afirma.

Atividades

Foto: Divulgação

A edição de 2019 planeja promover um ambiente totalmente voltado ao audiovisual, com presença de cineastas, produtores, distribuidores, exibidores e representantes do governo e de agências de fomento. Na programação, estão previstos filmes, lançamento literário debate, encontro com realizadores, laboratórios de roteiros audiovisuais, painéis, masterclasses, oficinas e evento de network.

Até 17 de julho, o festival segue recebendo inscrições de argumentos para consultorias individuais com os roteiristas Di Moretti, Renata Martins, Rosana Urbes e Thiago Fogaça, renomados nos cenários nacional e internacional. Podem participar no Laboratório de Roteiros Audiovisuais roteiristas, estudantes, profissionais de audiovisual e público em geral.

São 12 vagas, sendo três para cada um dos laboratórios oferecidos: Roteiro Cinematográfico (ficção e documentário), Roteiro para Séries de TV (drama e humor), Roteiro para Websérie (ficção e documentário) e Roteiro para Animação. As atividades serão realizadas de 10 a 12 de outubro e os melhores projetos receberão certificados. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo site da mostra.

Veja também